loading image

Psicologia Clínica

Psicologia Clínica

Psicologia Clínica
Por vezes temos crises, episódios de vida ou situações que nos provocam mal-estar e desconforto psicológico. Sentimo-nos diferentes, com medo, ansiedade, resistentes a certas mudanças, com dificuldades emocionais. A Psicoterapia de Apoio é uma intervenção psicológica que promove a saúde mental através da utilização de técnicas variadas. A aliança terapêutica entre psicólogo e paciente torna-se fundamental para que o processo terapêutico seja realizado com sucesso.

Marcar Consultas

Objectivos:

  •   Restabelecer rapidamente o equilíbrio psicológico da pessoa
  •   Obter a máxima melhoria sintomática
  •   Reforçar as defesas
  •   Melhorar a adaptação ao meio
  •   Identificar as potencialidades e reforçar as capacidades saudáveis da pessoa
  •   Promover o maior grau possível de autonomia tendo em conta as suas limitações
  •   Promover o crescimento pessoal e emocional
  •   Estabelecimento de uma identidade própria, autonomia e integração
  •   Estabelecimento de uma auto-imagem estável
  •   Melhoria da capacidade de julgamento da realidade
  •   Conhecer-se melhor a si próprio e na reação com os outros

A terapia ajuda-nos a desenvolver capacidades e descobrir formas e estratégias para melhorar os nossos relacionamentos e a qualidade das nossas vidas.

A intervenção psicológica foca-se nos padrões disfuncionais e comportamentos que necessitamos de mudar. O Psicólogo é um técnico de saúde mental, alguém em quem possa confiar, com quem se sinta confortável a discutir questões difíceis, alguém que seja um parceiro no processo da sua recuperação.

As primeiras sessões/consultas são geralmente utilizadas para o psicólogo recolher informação acerca da sua história de vida e saúde mental e física, avaliar a situação e trabalhar consigo para desenvolver um plano de tratamento. Os planos de tratamento são diferentes e variam de pessoa para pessoa. As consultas duram em média 50m. A duração da terapia depende de vários fatores: pode ter questões complicadas, ou um problema que quer mudar e isso requer tempo. Alguns tipos de intervenções terapêuticas levam pouco tempo, são de curta duração, outras são de longo-termo e duram mais tempo. Constantemente avaliamos o progresso conseguido e a aprendizagem feita ao longo do processo terapêutico.